ZeroNet - Plataforma distribuída de conteúdos web


#1

ZeroNet é uma plataforma baseada no protocolo peer-to-peer bittorrent que permite aos utilizadores publicar sites (ou Zites…) e distribuí-los pela rede de forma descentralizada. A autenticação e endereçamento dos conteúdos utiliza o sistema de endereços das carteiras Bitcoin, BIP32.

A partir do momento em que um Zite é partilhado com outros utilizadores, estes passam também a servir os seus conteúdos, dificultando a sua censura. Havendo o risco de se passar a partilhar conteúdo ilegal inadvertidamente, propõe-se a quem queira usar esta plataforma que active o modo Tor no painel de definições, e também que aceda aos conteúdos somente através do Tor Browser, caso algum link aponte para o exterior da rede para efeitos de vigilância.

É escusado dizer que a ZeroNet é software livre. Infelizmente a sua documentação deixa muito a desejar por enquanto, por isso tive de vasculhar o código fonte para perceber como funciona ou quão segura é, e ainda há pequenos detalhes que não entendi.

A interface é bastante amiga do utilizador, e a plataforma oferece facilmente a possibilidade de criar blogues, galerias de imagens, fóruns de discussão e wikis, clonando Zites já existentes. Existe também uma plataforma social de microblogging, à semelhança do Twitter. Alguns utilizadores estão a desenvolver uma plataforma de visualização de vídeos chamada ZeroTube.

Podem dar uma volta por esta rede sem ter de a instalar no vosso computador. Existem servidores proxy a fazer a ponte para a “clearnet”. Aviso de segurança: não utilizar a conta de utilizador gerada num proxy, pois os administradores do proxy terão acesso à vossa chave privada - o equivalente à palavra-passe para quem não tem conhecimentos de criptografia. Ou então usar apenas para actividades sem importância, conscientes de que outras pessoas poderão usar a mesma conta.

Seguem alguns screenshots:

Splash page com a barra lateral indicando todos os Zites a que estou ligada (e que por isso também estou a servir). É possível parar a sua distribuição ou cloná-los a partir da barra lateral.

Exemplo de página wiki no fundo. Na barra lateral, sobreposta, vêem-se dados da rede, incluindo o número e tipo de peers, tipos de ficheiros pertencentes ao site e tráfego gerado.

Vista da página principal da plataforma de microblogging, ZeroMe. É possível seguir utilizadores, comentar posts, inserir links e formatação. Não existe limitação ao número de caracteres. Não é possível partilhar imagens (ainda, julgo eu...)

Caso tenham perguntas acerca desta plataforma, estou à disposição. Gostaria de ouvir as vossas experiências se decidirem usá-la.